AVISOS da SEMANA

AVISOS:

Todas as segundas-feiras – 19:00h – Intercessão.

22 a 24/09 – sex – 21h30 – Encontro com Deus (inscrições Dca. Eliane)

23/09 – sáb – 19h30 – RJA Rede de Jovens JUMP

29/09 - sex - 20h - RCA Rede de Casais - Decorando a casa com Amor.

30/09 – sáb – 10h – RIA – Treinamento da equipe

07/10 - 19h30 - 15. Aniversário Igreja Águas Mooca

21/10 - 18h - 21. Aniversário Igreja Águas Sede (Rua Laguna 940 - Jd.Caravelas)

Postagens

Células nas casas - confira a mais próxima de você.

. 2ª feira......... 19h Culto de Intercessão
20h15.. Escolas Líderes e Teológica
. 5ª feira ........ 20h.... Culto

. 6ª feira ....... 20h ... Rd da Família (confira agenda)
. 6ª feira ....... 20h ... Rd adolescentes(confira agenda)
. Sábados...... 19h30.. Rd de Jovens (confira agenda)
. Domingos... 16h45... Pós Encontro e Esc. de Líderes
. Domingos... 10h e 18h..... Culto de Celebração

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

JEJUM 6. Minha casa Tabernáculo de adoração - MINHA CASA TABERNÁCULO DE DEUS

1Crônicas 13:12-14“Naquele dia Davi teve medo de Deus e se perguntou: “Como vou conseguir levar a arca de Deus?” Por isso desistiu de trazer a arca para a Cidade de Davi. Em vez disso levou-a para a casa de obede Edom, de Gate. A arca de Deus ficou na casa dele por três meses, e o Senhor abençoou sua família e tudo o que possuía.”

            Essa é uma das histórias do Rei Davi que até os dias de hoje é muito conhecida e nos ensina e inspira nossa vida.
            O rei Davi havia assumido o trono de Israel depois da morte do rei Saul e por ser um adorador apaixonado por Deus, após conquistar a cidade de Jerusalém, ele queria trazer a Arca de Deus para perto de si, para o lugar onde iria estabelecer seu palácio, porque claro ele sentia-se seguro na presença do Todo Poderoso e sabia da importância disso em todos os aspectos.
            A Arca de Deus construída por Moisés no deserto simbolizava a Presença de Deus, a SHEKINAH de Deus. E por conta disso o rei queria traze-la para perto de si o mais rápido possível. Mas por causa da pressa, não observou os mandamentos a respeito do transporte da Arca, e acabou errando na execução de seu plano, gerando uma tragédia, a morte de Uzá. (leia em I Crônicas 13).
            Com medo de prosseguir Davi deixou a arca de Deus na Casa de Obede Edom. Seu nome significa servo ou escravo e seu sobrenome se refere a família a que ele pertencia, Edomita, descente de Esaú e sua família era da região de Gate, região em que habitavam os Filisteus, os maiores inimigos de Israel naquele tempo.
            Fico imaginando o rei Davi batendo na porta da casa de Obede Edom, que possivelmente era uma pessoa muito simples e sem posses, abrindo a porta de sua casa e dando de cara com o rei de Israel dizendo que precisava deixar a Arca de Deus em sua casa até que pudesse voltar e busca-la.
            A partir daquele momento a casa de um escravo se transformava-se no tabernáculo de Deus na Terra (tabernáculo significa moradia, habitação).
            Imagino ainda como deve ter sido esses 90 dias em que a Arca ficou guardada naquela casa.  Obede Edom, seus filhos e sua esposa adorando a Deus em sua casa diariamente, 24 horas por dia, 7 dias na semana. Penso que eles tinham que executar suas tarefas diárias, o pai trabalhando na lavoura, os filhos o ajudando, sua esposa cuidando das tarefas domésticas, mas a Presença (Shekinah) de Deus estava ali agora, e creio que ao acordar eles adoravam a Deus diante da Arca, e a noite quando chegavam adoravam a Deus juntos em família, e a esposa dentro de casa cantando louvores à Deus. E tudo isso atraia o Kavod (Glória) de Deus para aquela casa Que delícia que deve ter sido essa casa. E diz o versículo 14 que o Senhor abençoou sua casa e tudo o que ele possuía, outras traduções diz que Deus o prosperou sobremaneira.
            Nós temos o mesmo privilégio de Obede Edom. Antes éramos escravos do pecado, escravos do mundo, mas um dia o Rei dos reis bateu em nossa porta (Ap. 3:20), e depois de abrirmos a porta de nosso coração e ao permitimos entregamos nossa vida para Jesus, o Filho de Deus, o próprio Deus, Ele entra em nossa vida e ali passa a “tabernacular”, ou seja, fazer morada, habitar em nós através do Espirito Santo. De escravos, passamos a ser condutores da Arca de Deus, condutores da Shekinah (Presença) de Deus, e por onde vamos levamos a presença de Jesus, e seu Kavod (Glória) se manifesta.
            A partir daí nossa casa torna-se um tabernáculo de Deus, um local de adoração ao Deus Vivo, um local de adoração ao Único que é Digno de receber a Glória, a Honra, o Louvor e a Adoração.
Salmo 22:3 (Versão ARC) “Porém Tu és Santo, o que habita entre os louvores de Israel.”
            E assim como foi com Obede Edom e sua família, Deus “tabernaculando” em nós, na nossa casa, na nossa família, trará as bênçãos, do Senhor, trará Sua prosperidade. E tudo aquilo que não acontecia vai acontecer, e se relacionamentos estavam destruídos, serão restaurados, se vidas estavam perdidas serão achadas por Deus, ou seja, em todas as áreas de sua vida e da vida de sua família Deus virá com providência e provisão, porque ali estabeleceu-se um altar de adoração.
João 4: 23-24 “No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é Espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.”
            Adorar a Deus em espírito e em verdade vai muito além de um lugar ou uma forma de se adorar. Adorar a Deus em espírito e em verdade fala de adorarmos a Deus o tempo todo, não importando o lugar, nem a maneira. Adorar a Deus em espirito e em verdade fala de termos a adoração como estilo de vida, e esse estilo de vida atrairá o Kavod para nossa casa.

Deus lhe abençoe.


Pr. Kleber R. Jacinto – Igreja Águas Mooca

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

JEJUM 5. Minha casa é território sagrado - MINHA CASA TABERNÁCULO DE DEUS

O que a Bíblia nos ensina a respeito? O que é necessário para que minha casa seja um território sagrado?
Passar em revista no que tem entrado e permanecido na minha casa... preciso separar, limpar minha casa, tirar tudo que impede que ela seja um território sagrado, e adicionar tudo que chama a existência o sagrado, mas o que é ser sagrado?
Sagrado é reservado ou separado para Deus: (coisas concernentes a Deus)
O sagrado se relaciona com a santidade. Santidade é, em geral, o estado de ser santo (percebido pelos religiosos como os indivíduos associados com o divino) ou sagrados (considerados dignos de respeito e devoção espiritual, ou que inspiram temor ou reverência entre os crentes em um determinado conjunto de ideias espirituais), pertencente, dedicado a Deus.
Precisamos entender melhor como Deus vê a nossa casa e como podemos edificá-la na presença de Deus para que ela se torne um território sagrado, porque esse ambiente é propício para a permanência de Deus. Uma casa completa não é aquela que tem todos os móveis e utensílios e sim quando tem a presença de Deus.

Vamos meditar em alguns tópicos, para entendermos melhor:

1-Separada do pecado da idolatria-
Isaias 42.8: "Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor, às imagens de escultura."
O evangelho é claro e objetivo: Deus não divide o seu louvor com ninguém! A glória pertence somente a Ele, pois Ele é Sagrado, é o único que tem poder para transformar vidas e mudar histórias, outro deus igual a Ele não existe e JAMAIS existirá. Amém!
2-Separada das obras da carne-
Ef 2.1-3: “E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também”.
“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus.
Quem não herda é porque não tem parte com Ele , porque quem é filho herda!
Oração de guerra.
Agora que saiu toda sujeira, vamos preparar o lugar para que Jesus venha habitar
1-Demarcamos o lugar através: de oração; ungir, santificando:
 I Timóteo 2:8 – “Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda.”
 Lv 8:10 – “Então Moisés tomou o azeite da unção, e ungiu o tabernáculo, e tudo o que havia nele, e o santificou (consagrou);”
I Pedro 1:16- “Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.”

2-E tendo como base-
A palavra de Deus: A Bíblia deve ser lugar de destaque para a casa e para a família não como ornamento, mas como Palavra de Deus, sendo ministrada todos os dias
Josué 1:8 “Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos pros­perarão e você será bem-sucedido.”

Imprescindível a Fé: João 7.38” “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” Não pode faltar a fé que faz fluir a presença de Deus no lar.
Temos uma casa edificada e favorável as manifestações de Deus, através do fruto do Espirito
Efésios 2:22 "No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito”.
Gálatas 5:22-23. "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." 
É da vontade do Senhor que a tua casa seja cheia desse fruto para que o Senhor permaneça e possamos presenciar e sentir que a nossa casa é um território sagrado, Amem!
Conclusão:
Um novo ambiente cheio de fé e fruto do Espirito, te leva a uma nova realidade a presença do Senhor, onde flui o Rio do Espírito e a luz da Palavra de Deus.
Para colocarmos tudo isso em prática algo muito importante vai nos garantir essa conquista: A SABEDORIA, E o Senhor nos oferece NESTA NOITE:
“Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida”. Tiago 1:5
Disse então ao homem: 'No temor do Senhor está a sabedoria, e evitar o mal é ter entendimento”. Jó 28:28
Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela se estabelece; E pelo conhecimento se encherão as câmaras com todos os bens preciosos e agradáveis" (Provérbios 24:3-4).
A casa preferida por Deus é assim, não importa se é grande ou pequena, é um território, santo e sagrado. Amém!


Miss.Ioná Ramos – Igreja Águas Mooca

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

JEJUM 4. Minha casa é tabernáculo e tem os utensílios dele - MINHA CASA TABERNÁCULO DE DEUS

Eles servem num santuário que é cópia e sombra daquele que está nos céus, já que Moisés foi avisado quando estava para construir o tabernáculo: “Tenha o cuidado de fazer tudo segundo o modelo que lhe foi mostrado no monte”. (Hebreus 8:5 NVI)

A Palavra é nossa prática de fé e de ordem espiritual, pois em uma casa não se coloca o teto se não tiver os fundamentos. O fundamento é a Primeira Aliança e, o teto, a Última Aliança! O tabernáculo e seus utensílios foram feitos na Primeira, mas apontam para a Última, que é Cristo, o seu futuro meu querido!
O mundo jaz no maligno porque não flui no curso de Deus; mas não é assim na sua casa!
Casa é lugar de liberdade, intimidade, é onde se sente à vontade para estar, agir e ficar! Assim Deus quer ficar e fazer de sua casa, um reflexo de como tudo é no céu!
Uma notícia estarrecedora: 64% dos domicílios brasileiros em situação de insegurança alimentar grave     ( privação de comida para adultos e crianças) tem celular, 88% tem televisão. Fonte: IBGE 18/12/2014
(Isaías 55:2) -  Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura.
Veja o problema! Que desordem!

Como é hoje a sua casa, o seu domicílio? E os seus utensílios?
De um modo simples, Deus usará hoje o modelo do Tabernáculo, e sua casa fluirá no curso correto, através da ordem dos utensílios e o que eles querem te dizer! Hoje sua casa é Tabernáculo, e tem os utensílio dele!
Os utensílios estavam dispostos em uma ordem na direção de levar ao Santíssimo, ou seja, à Vida!
Minha casa tem Oferta: o Tabernáculo começa com a oferta levantada de um coração voluntário (Ex25:2), tanto seu como do Senhor, que ofertou primeiro: Seu Filho! Qual foi sua oferta para início do Tabernáculo?
Minha casa tem a Porta: o Tabernáculo era grande (cerca de 1250 m2), mas tinha Uma só porta! Jesus é a Porta! É a entrada à vida, à comunhão com Deus. Qual a porta da sua casa?
Minha casa tem Sacrifício: no Tabernáculo um animal era sacrificado para derramar sangue e purificar pecado. O Cordeiro já foi sacrificado definitivamente! Após passar pela porta, é necessário fazer julgamento das impurezas! Arrependimento! Foi a primeira pregação de Jesus (Mt4:17). Qual sacrifício de arrependimento há na sua casa?
Minha casa tem Limpeza: no Tabernáculo a pia com água servia para lavar pés e mãos do sacerdote. Limpeza da contaminação. A Palavra é agua e nos limpa, nos traz revelação para uma nova vida. Em que nível está a água na pia da sua casa?
Minha casa tem um espírito, O Espírito Santo: no tabernáculo havia a Menorá, com óleo, luz e lembrando o Espírito de Deus que não se apaga. A Menorá era o espírito do Tabernáculo. Qual o espírito da sua casa?
Minha casa tem Alimento: no Tabernáculo, a mesa com os pães estava à direita do Santíssimo lugar. O pão era asmo, sem fermento. Jesus, que está à direita do Pai, é o pão vivo sem pecado que desceu dos céus. Qual alimento você tem descido à mesa (comunhão) da sua casa?
Minha casa tem Adoração: no Tabernáculo a cada manhã era queimado o incenso das especiarias. Adoração e oração. Perfume agradável ao Senhor. Algumas casas cheiram álcool, fumo... Como está o odor da sua casa?
Minha casa tem A Presença: no Tabernáculo havia a Arca da Aliança, a presença de Deus em um lugar permanente. O que tem habitado permanetemente em seu coração? E em sua casa?
Querido, utensílio é objeto que serve de meio ou instrumento, ferramenta para se fazer algo! E Deus fez algo com você hoje!
Hoje sua casa é Tabernáculo, e tem os utensílios dele!
Deus te abençoe,

Pr. Flávio Quinalha – Igreja Águas Mooca

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Dez Dicas de Oratória para Você Falar BEM em Público

Guarde este guia prático para uma melhor apresentação em público!


01 APRESENTAÇÃO PESSOAL: Roupas, sapatos limpos e higiene pessoal garantem uma ótima recepção entre os ouvintes. Lembre-se: Um semblante alegre. A primeira boa impressão é a que fica... 

02 NATURALIDADE:  Em 1º lugar: Seja natural! Em 2º lugar: Seja natural! E... finalmente, em terceiro lugar: Seja natural! Não incorpore em si aquela falsa máscara do artificialismo. Elimine a rigidez dos músculos faciais e do globo ocular, pronuncie a palavra maçã, macieira e macieiral. 

03 CALMA, RELAXAMENTO E AUTO-CONFIANÇA:  Antes de falar ou apresentar-se em público, faça em sua casa um alongamento. Estique as mãos, braços, pernas, gire o pescoço suavemente. Respire profundamente pelo nariz, solte o gás carbônico suavemente pela boca, por duas ou três vezes. Relaxe-se!... Aperte firmemente a sua mão e diga: "Sou inteligente e sou capaz! Eu sei, quero, posso e faço"! - "A minha apresentação será um sucesso"! 

04 NÃO ANTECIPE O MAU-HUMOR:   Não antecipe o mau-humor pelos erros não cometidos. Preste atenção nos discursos que antecedem e pense, positivamente, que o seu será melhor. Não segure nada nas mãos de extravagante para não chamar a atenção dos ouvintes. Antes de dirigir-se à apresentação, aperte as mãos discretamente, descarregando a tensão, e respire suavemente. Evite os vícios de abotoar e desabotoar o paletó, coçar-se a todo instante, dedo no nariz. O macete para vigiar o comportamento inconsciente é imaginar-se sendo filmado. 

05 DICÇÃO, VOZ E RESPIRAÇÃO:  Pronuncie bem todas as sílabas, especialmente as finais. Faça um treinamento de respiração diário enchendo bem os pulmões, coloque uma caneta na boca e pronuncie claramente: "A gata branca capenga que gostava de caçar codornas aprecia o mameluco melancólico que medita, enquanto a bela baiana, boneca de bronze pisca ao deputado demagogo decifrando os documentos de Madalena”. 

06 GESTO E POSTURA:  Mais uma vez, enfatizamos a naturalidade na postura e nos gestos. Espalhe a visão sobre todos os participantes. Evite: mãos nos bolsos, nas costas, cruzar os braços, ficar rígido, sustentar todo o corpo sobre uma das pernas, andar apressadamente de um lado para o outro. 

07 O VOCABULÁRIO E O AUDITÓRIO:  Antes de iniciar a apresentação, examine as condições e a constituição do público, a idade média da platéia, a formação social, cultural, moral e intelectual dos mesmos. Saiba o tamanho do auditório, os recursos didáticos a serem utilizados. Fale sobre aquilo que você conheça. O vocabulário que todos gostariam de escutar é aquele que se adapta com os ouvintes. Respeite as normas gramaticais: sujeito, predicado e complemento, concordância nominal e verbal. 

08 E O MEDO?:   Controle-o. Você não é o primeiro. Todos os grandes oradores suavam nos primeiros instantes das apresentações. É normal tal fato. Encare-o com naturalidade. Com o tempo, a sua experiência, a prática e a tranqüilidade dominarão esse obstáculo. Esse tipo de medo já foi considerado, nas pesquisas, como o maior medo do homem. Saiba que o orador não nasce feito. Por mais experiência que ele tenha, só a prática da apresentação em publico é que o consagra, superando e liberando a adrenalina em troca da endorfina e do sucesso. 

09 O DISCURSO: Divide-se em 4 fases: Pré-introdutória: - mencionando o nome das autoridades (Federal, Estadual, Municipal, Militar e Eclesiástica). Fase Introdutória: com uma leve e sucinta exposição dos motivos da fala. Abra com uma frase de impacto. Uma história ou um fato que tenha tudo a ver com o momento. Elogie e agradeça a presença dos ouvintes. Prenda a atenção, dizendo tratar-se de um assunto raro e importante. Prometa brevidade. Jamais peças desculpas, como por ex: "Não estou preparado." "Minha voz está rouca". "Estou com problemas de saúde". Fase Central: No corpo do discurso, motive, fundamente, dívida em partes, demonstre confiança e entusiasmo nas suas afirmações. Fase de Encerramento ou final: Nessa fase aumenta a atenção do auditório para o final, aproveite-a, e numa síntese termine com uma reflexão. 

10 ORADOR X AUDITÓRIO:  O orador tem que ser polido, criativo, interessado, entusiasmado e com muito jogo de cintura. Não poderá perder a calma se algum inconveniente acontecer durante a apresentação. 

Fonte: www.acáciogarcia.Com.Br 

JEJUM 3. Quem é o Dono da Minha Casa - MINHA CASA TABERNÁCULO DE DEUS

Texto Base: “Quando o valente guarda, armado, a sua casa, em segurança está tudo quanto tem;” Lucas 11:21

Quem realmente é o Dono de sua casa?
Outro dia estava conversando com uma pessoa que me disse que havia visitado uma casa em que uma criança de poucos anos ditava a forma como as coisas eram conduzidas em sua casa, até por exemplo que horas as pessoas poderiam almoçar.
Talvez este exemplo seja um pouco forte, mas em uma casa por mais que vivamos em família, tenhamos laços de sangue, muitas vezes os interesses se conflitam e disputas territoriais acontecem e a disputa muitas vezes esta em pequenos territórios.
Vivemos em um mundo que primamos e desejamos o privativo, os filhos têm seus quartos, os espaços são delimitados pelos rótulos, sala de descanso, escritório de trabalho, estúdio, quarto da filha etc. e desejamos privacidade nestes espaços. Não o alvo não esta em discutir privacidade ou exclusividade, mas sim para estudarmos sobre posse.

Volto a perguntar: Quem é o Dono da sua Casa?
Normalmente quando abordamos com jovens casais, ou mesmo nos aconselhamentos para casais nos deparamos com algumas situações não resolvidas.
Numa família, estilo padrão, Pai, Mãe e filhos até cachorro, papagaio, gato, tartaruga e passarinhos entram na ordem da casa, Deus e não nós, instituiu que o Homem, o ser dotado de um par de cromossomos XY, deveria ser o líder, o Sacerdote, o que conduz o lar.
Se por algum acaso a equação é subvertida, ou seja, a liderança não está nas mãos do homem (quando ele existe não quando não está presente) posso garantir que a mulher também não liderará a casa e sim o nosso inimigo o diabo irá mandar em tudo.
Dura esta palavra, até pode ser, mas é verdade é o texto que lemos é direto no assunto, mas antes de tratar efetivamente sobre de quem é o dono, gostaria de tecer um comentário.
Nos dias atuais não existem somente situações de formação de família no estilo padrão, existem caso de lideres familiares como viúvas e viúvos, casais separados e neste caso a autoridade está sobre o líder em questão se, por exemplo, a mãe de alguns filhos não tem seu marido, ela é quem lidera a casa.

Então vamos lá, quem é o dono da sua casa?
Homens cheios de animo diriam de primeira, sou eu! Calma lá vamos repetir a pergunta: Quem realmente é o dono de sua Casa?
Agora pensando um pouco a resposta não é de tão imediato assim não é mesmo? Sim o dono da minha casa não sou eu nem minha esposa, muito menos meus filhos o dono da casa onde eu moro é Deus! Ele é o dono de todas as coisas.
Sim você homem, se pai é chamado para ser o líder o sacerdote, honre o chamado que Deus te abençoou e te comissionou, sim, mas quero te dizer que as ótimas estratégias estão com o dono, se um dia você aceitou Jesus no seu coração e entregou a Ele sua vida como pode então ainda se considerar o dono?
Todos da casa devem buscar a Deus para que ele de manifesta na harmonia família, isto através do Espirito Santo que irá instruir a todos em todas as coisas excelentes que Deus tem para a família.
Mas eu quero te dizer o seguinte: Você não é o dono, mas você é o valente que cuida da casa, você mulher é a valente que também cuida da casa, vocês são os valentes do Senhor.
Quando entendemos este texto, sabemos que Deus nos capacita de forma sobrenatural e nos transforma em Valentes, Guerreiros Seus, prontos a defender as posses que ele nos confiou.
Mas como podemos fazer isto? Temos que lembrar que nossa luta não é contra carne e sangue, mas sim uma luta espiritual.
Certa vez onde moramos isto logo que nos mudamos, começamos a enfrentar problemas à noite, as crianças ficavam irrequietas, parecia que havia algo que não víamos, mas que tirava a paz de nossa casa. Minha filha era bem pequena mas ele disse ter visto um monstro andando pela casa e que não iria em um determinado local, isto na nossa própria casa!
Assim que cheguei minha esposa disse que eu deveria orar e ungir a casa, mas ela não tinha falado que eu deveria fazer isto descalço. Sem saber, eu tirei os sapatos coloquei meus pés no chão e declarei que aquele lugar era nosso por direito e na autoridade do nome de Jesus os expulsei de minha casa.
Todos estavam envolvidos, mas a decisão estava em tomar uma posição, naquela hora me senti o valente tal como este versículo descreve e assim exerci a autoridade, mas não o autoritarismo, mas na unção do Senhor!
A palavra de Deus em 2 Coríntios 10:4 nos indica que como valentes devemos usar armas, quais elas são: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;”
Nós devemos entender que iremos manter nossa casa segura e bem guardada se estivemos firmados nos princípios da palavra de Deus e na Rocha de nossa Salvação que é Jesus Cristo.
Nossa luta é espiritual e devemos ser estes valentes que a bíblia relata, sabendo efetivamente do nosso papel de mordomos e não de Donos, uma vez que tudo que somos, tudo que temos e o que viermos a ter e ser vem do alto do Deus Todo Poderoso, nosso Pai Celeste.
Portanto de se há disputa de poder por território que não seja dentro da casa, muito menos entre aqueles que fazem parte da família, e sim contra os invasores malignos que querem tomar posse e destituir o Valente que você instituído por Deus para governar!
Não deixe que o engano tome conta de sua vida subvertendo papéis que Deus determinou!
Viva a vida plena e cheia de unção e autoridade em sua vida e família. Busque no Senhor a autoridade do Valente que ele te chamou para ser.
Deixe que o Dono seja Dono e você seja o melhor mordomo.
Deus te abençoe,

Pr. Luis Santana – Igreja Águas Mooca