AVISOS da SEMANA

AVISOS:

Todas as segundas-feiras – 19:00h – Intercessão.

23 a 30/07 - Jejum - Minha família no altar (todas as noites na igreja)

29/07 - sáb - 19h30 - FRUTO FIEL

30/07 - dom - 10h e 18h - Teatro Minha família no Altar

05/08 - sáb - 10h - Treinamento Diaconia

06/08 - dom - 9h - Caminhada pela PAZ na MOOCA.

06/08 - dom - único culto as 18h.

09/08 - qua - 20h - Noite do empreendedor - Transformando Ideias em Ações com Pr. Leandro Reis

11/08 - sex - 19h30 - RAD - Qual é o seu talento?

12/08 - sáb - 19h30 - R. Jovens - Evangelismo

13/08 - dom - 10h - Ministração Pr. Davi Silva

18/08 - sex - 20h - Rede de Casais

19/08 - sáb - 16h30 - Congresso Interno M12 (entrada franca)

20/08 - dom - 18h - Ministração Pr. Douglas Soares - M12 Ceará

24/08 - qui - 20h - Teatro - Conquistador que vê o que Deus vê.


Postagens

Células nas casas - confira a mais próxima de você.

. 2ª feira......... 19h Culto de Intercessão
20h15.. Escolas Líderes e Teológica
. 5ª feira ........ 20h.... Culto

. 6ª feira ....... 20h ... Rd da Família (confira agenda)
. 6ª feira ....... 20h ... Rd adolescentes(confira agenda)
. Sábados...... 19h30.. Rd de Jovens (confira agenda)
. Domingos... 16h45... Pós Encontro e Esc. de Líderes
. Domingos... 10h e 18h..... Culto de Celebração

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Mapa do Encontro com Deus


1º Pegar Fernão Dias ir até a saída 22 km, entrada para cidade de Bragança Paulista, siga o fluxo.
2º Chegando em Bragança Paulista, procure a saída para a cidade de Socorro, siga o fluxo principal e as placas que indicam Av. Imigrantes, passando a câmara tem a rotatória  para acesso a Rodovia capitão Barduíno. Esta entrada fica próximo a rotatória do mercado BIG e posto de gasolina TASCA bandeira ESSO/SHELL.
3º Após 7 km na Rodovia Capitão Barduino (estrada do Socorro) você irá passar sobre a ponte do Rio Jaguari,
 Passando a ponte, 1ª ou 2ª saída a direita, logo você vai avistar a empresa ARCOR a esquerda ao alto.
5º Após percorrer 11 km de estrada (Asfalto/Terra/Asfalto) você verá, novamente outra placa para o Acampamento Buscapé - Estrada Velha: Bragança

6º Vire à esquerda e irá percorrer mais 700 metros (Estrada de terra) chegou no acampamento Bairro do Agudo - Bragança Paulista-SP

Deus te abençoe,
Dca. Eliane Santiago


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

O peso do sucesso

Queridos nesta semana a lição de célula nos ensina sobre a libertação do peso do sucesso que nos assola.

Leia e vá a sua celula pronto para ser abençoado com uma palavra de sabedoria e amor de Deus por sua vida.

Leia mais no link "lições de celula"  número 38.

Deus te abençoe.


Libertos para discipular.

Quando pesquisamos algo sobre liberto ou libertos, praticamente vem sempre associado à libertação de escravidão e sabemos que fomos libertos do sistema de escravidão do pecado e todas as suas consequências, principalmente de uma vida indiscipulada!

Nosso inimigo sempre desejou escravizar nossa mente no sentido de não vermos Deus como Pai, para que não nos comportemos como filhos e principalmente como herdeiros!

Portanto hoje, não importa a sua história, se você tem pai ou não, agora você é herdeiro das promessas de Abraão!

Rm 16:21 Saúda-vos Timóteo, meu cooperador

A história de Timóteo cumpre muito bem o sentido de que fomos "libertos para discipular!
Converteu-se e foi cuidadosamente preparado por Paulo.
Depois foi colocado para trabalhar por Cristo e teve oportunidade para vencer suas prisões de alma e desenvolver seus dons. 

Queridos, merecem principal destaque aqui duas passagens da vida de Timóteo que nos fará também libertos para discipular!

Timóteo converteu-se na primeira viagem missionária de Paulo, e foi cooperador  na segunda, onde o evangelho foi levado através do mar Egeu em direção à Europa!

Primeiro, Timóteo era um ser humano comum, e tinha virtudes, foi chamado a enfrentar os falsos mestres(1Tm6:3,4,11), vencer as tentações constantes do materialismo e secularismo (1Tm6:9-12), travar uma guerra espiritual contra os poderes do mal e os laços do diabo (2Tm2:4; e 2:24-26) 

MAS

 sofria com sua timidez!  1Co16:10-11 (NVI versão que melhor expõe essa situação)

1- talvez por ser jovem ( 1Tm4:12)
2- talvez por não gozar de boa saúde ( 1Tm5:23)
3- talvez por ser uma pessoa insegura e vergonhosa (2Tm1:6-8)

Segundo, algo extremamente importante que às vezes passa despercebido é o dia e momento de circuncisão de Timóteo! At 16:1-3
Muitos aqui vão para discussões teológicas, mas o que fica é a libertação do discipulador sobre o discípulo (desatando a vida dele para discipular a outros)
1- Timóteo submeteu-se ( imagine dois adultos, naquela época, um circuncidando o outro)
2- Paulo teve a intimidade do discípulo na mão, não para castrar, mas para libertar. 
Havia muitos falsos mestres, que castravam discípulos! Acautelai-vos dos cães!

Por isso, a marca que fica de Timóteo foi sua libertação para fidelidade no discipulado Cristão e a ele foi impresso no coração claramente: 1Tm4:16.

Como Timóteo, somos libertos para discipular!

Deus te abençoe.

Dc. Flávio Quinalha - Igreja Águas Mooca

Livres para ganhar vidas

"Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho! Porque, se prego de livre vontade, tenho recompensa; contudo, como prego por obrigação, estou simplesmente cumprindo uma incumbência a mim confiada." 1 Co 9:16-17

Quem impunha à Paulo pregar o Evangelho? Que "peso" era este que ele trazia para si?

Faço tudo isso por causa do evangelho, para ser coparticipante dele. 
‭1 Coríntios‬ 9:23

O favor da salvação, de uma nova vida abundante, alegre, digna e a experiência sobrenatural do encontro de Cristo com ele, fizeram com que Paulo, incansavelmente, pregasse por dever, sem querer recompensas, levando esta mesma libertação aos cativos, independente da sua paga, do seu galardão, apenas para ser coparticipante! 

Era um dever que o satisfazia: 
"Porque, embora seja livre de todos, fiz-me escravo de todos, para ganhar o maior número possível de pessoas. Tornei-me judeu para os judeus, a fim de ganhar os judeus. Para os que estão debaixo da Lei, tornei-me como se estivesse sujeito à Lei (embora eu mesmo não esteja debaixo da Lei), a fim de ganhar os que estão debaixo da Lei. Para os que estão sem lei, tornei-me como sem lei (embora não esteja livre da lei de Deus, e sim sob a lei de Cristo), a fim de ganhar os que não têm a Lei. Para com os fracos tornei-me fraco, para ganhar os fracos. Tornei-me tudo para com todos, para de alguma forma salvar alguns." 1 Co 9:19-22

A liberdade que Paulo conquistou em Cristo, antes preso pela lei, é contagiante! 

Para Paulo ganhar as vidas houve libertações nas seguintes áreas da sua vida, além de outras, certamente:

1) Religiosidade: "Vocês ouviram falar de como eu costumava agir quando praticava a religião dos judeus. Sabem como eu perseguia sem dó nem piedade a Igreja de Deus e fazia tudo para destruí-la. Quando praticava essa religião, eu estava mais adiantado do que a maioria dos meus patrícios da minha idade e seguia com mais zelo do que eles as tradições dos meus antepassados." (‭Gálatas‬ ‭1‬:‭13-14‬ NTLH)

Cristo libertou-o da sua fé humana (lei) para servi-Lo! Tornou-se o maior missionário da história da Igreja.

Que ensino ou fé tem limitado você à ganhar vidas?

2) Limitações humanas: Sei o que é estar necessitado e sei também o que é ter mais do que é preciso. Aprendi o segredo de me sentir contente em todo lugar e em qualquer situação, quer esteja alimentado ou com fome, quer tenha muito ou tenha pouco. Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação. (‭Filipenses‬ ‭4‬:‭12-13‬ NTLH)

Paulo aprendeu profundamente em seu corpo a ser livre e a ser escravo de Cristo, podendo estar em tantos lugares, mas preferindo apenas um: sofrendo para ganhar vidas! Correndo a corrida que lhe fora proposta, sendo um atleta de Cristo!

Que as limitações fisicas ou da alma que tem te limitado, sejam vencidas hoje! Que o "dever" de anunciar o Evangelho seja maior do que qualquer limitação! 

3) Relacionamentos diante: 

* das necessidades: 

Vocês, filipenses, sabem muito bem que, quando eu saí da província da Macedônia, nos primeiros tempos em que anunciei o evangelho, a igreja de vocês foi a única que me ajudou. Vocês foram os únicos que participaram dos meus lucros e dos meus prejuízos. (‭Filipenses‬ ‭4‬:‭15‬ NTLH)

Mesmo não sendo ajudado por muitos, ajudou a todos! 

* da fé alheia: 

1 Ts 2 // 2 Co

Muitos se corromperam e esquecerem dos ensinos deixados por ele, mas com graça sempre os apoiava e exortava através das suas cartas.

* da alegria com os discipulos: 

"Sempre que penso em vocês, eu agradeço ao meu Deus. E, todas as vezes que oro em favor de vocês, oro com alegria por causa da maneira como vocês me ajudaram no trabalho de anunciar o evangelho, desde o primeiro dia até hoje. Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus. Vocês estão sempre no meu coração. E é justo que eu me sinta assim a respeito de vocês, pois vocês têm participado comigo desse privilégio que Deus me deu. É isso o que vocês estão fazendo agora que estou na cadeia e foi o mesmo que fizeram quando eu estava livre para defender e anunciar com firmeza o evangelho. Deus é testemunha de que estou dizendo a verdade quando afirmo que o meu grande amor por todos vocês vem do próprio coração de Cristo Jesus." (‭Filipenses‬ ‭1‬:‭3-8‬ NTLH)

Alguns discipulos só traziam preocupações e outros, muita alegria! Assim, seguia em frentre com o seu chamado!

* da tristeza:  

Alexandre, o ferreiro, me prejudicou muito; o Senhor lhe dará a sua recompensa de acordo com o que ele fez. Tome cuidado com ele, pois combateu com muita violência a nossa mensagem. (‭2 Timóteo‬ ‭4‬:‭14-15‬ NTLH)

Com certeza ele carregava as dores e as frustações, porém sempre olhando para o Alvo!

* das adversidades:

Irmãos, queremos que saibam das aflições pelas quais passamos na província da Ásia. Os sofrimentos que suportamos foram tão grandes e tão duros, que já não tínhamos mais esperança de escapar de lá com vida. Nós nos sentíamos como condenados à morte. Mas isso aconteceu para que aprendêssemos a confiar não em nós mesmos e sim em Deus, que ressuscita os mortos. Ele nos salvou e continuará a nos salvar desses terríveis perigos de morte. Sim, nós temos posto nele a nossa esperança, na certeza de que ele continuará a nos salvar, (‭2 Coríntios‬ ‭1‬:‭8-10‬ NTLH)

Na primeira vez em que fiz a minha defesa diante das autoridades, ninguém ficou comigo; todos me abandonaram. Espero que Deus não ponha isso na conta deles! Mas o Senhor ficou comigo, me deu força para que eu pudesse anunciar a mensagem completa a todos os não judeus e me livrou de ser condenado à morte. O Senhor me livrará de todo mal e me levará em segurança para o seu Reino celestial. A ele seja dada a glória para todo o sempre! Amém! (‭2 Timóteo‬ ‭4‬:‭16-18‬ NTLH)

Sendo provado e aprovado, sem murmurações, sem permitir o abatimento da sua alma!

* da prisão: 

Meus irmãos, eu quero que vocês saibam que as coisas que me aconteceram ajudaram, de fato, o progresso do evangelho. Pois foi assim que toda a guarda do palácio do Governador e todas as outras pessoas daqui ficaram sabendo que estou na cadeia porque sou servo de Cristo. E a maioria dos irmãos, vendo que estou na cadeia, tem mais confiança no Senhor. Assim eles têm cada vez mais coragem para anunciar a mensagem de Deus. (‭Filipenses‬ ‭1‬:‭12-14‬ NTLH)

Eu sou embaixador a serviço desse evangelho, embora esteja agora na cadeia. Portanto, orem para que eu seja corajoso e anuncie o evangelho como devo anunciar. (‭Efésios‬ ‭6‬:‭20‬ NTLH)

Mesmo preso, agia como um homem livre! Muito mais livre do que os que estavam fora da prisão.

*da cólera, para ser cheio de AMOR: 1Co 13 / 1 Co 16:14

Estejam alertas, fiquem firmes na fé, sejam corajosos, sejam fortes. Que tudo o que vocês fizerem seja feito com amor. (‭1 Coríntios‬ ‭16‬:‭13-14‬ NTLH)

Se enlouquecemos, é por amor a Deus; se conservamos o juízo, é por amor a vocês. Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. (‭2 Coríntios‬ ‭5‬:‭13-14‬ NVI)

Paulo foi quem escreveu os versículos mais conhecidos sobre o amor: 1 Co 13. 

O amor era o que motiva Paulo a continuar. Ele mesmo quem expressou que o amor de Deus é constrangedor! Que esse amor cresça em você, de modo que você sonhe com as vidas, sonhe com o céu em super lotação pelas vidas que você ganhou! 

Conclusão:

Paulo tornou-se um homem extremamento liberto da sua alma, pôde se relacionar com diversas pessoas, em diversas situações, sempre por um unico propósito: ganhar vidas!

Reflita sobre quais áreas você necessita de libertação para ganhar vidas e cumprir com seu propósito aqui na terra. Talvez seja alguma área que não foi citada, mas se você conseguiu identificar, ore por isso!

Busque no Senhor a satisfação e o "dever" de anunciar o evangelho, pois Ele te libertou para isso! 

Seja LIVRE, AME, ganhe vidas!! Que este seja seu maior dever, com espirito de gratidão! Ai de nós!!! 


Dca. Erika Mossini - Igreja Águas Mooca

domingo, 26 de outubro de 2014

Como estimular comportamento empreendedor em seus filhos


Rose Mary Lopes

Rose Mary Lopes 

Leia todos os artigosColunista do UOL

Estimular o comportamento empreendedor relaciona-se com o desenvolvimento do potencial do indivíduo. Atualmente isso tem sido preocupação de muitos: professores, educadores, coordenadores, gestores de escolas e faculdades, pais, especialistas e políticos -- do legislativo e do executivo.

Sabe-se que o pleno desabrochar das competências empreendedoras abre possibilidades diversas de escolhas de carreira e não apenas a de abrir e gerir o próprio negócio.

Esse comportamento marcará a ação da pessoa em quaisquer situações e organizações em que se insira, seja dentro das organizações (como intraempreendedor), como empreendedor social ou político, nas atividades filantrópicas, comunitárias e religiosas, ou mesmo na condução da própria vida.

Para Fábio Fowler, diretor do Centro de Empreendedorismo da Unifei, ser empreendedor é criar e gerenciar projetos. Ora, o indivíduo empreendedor terá esta postura de encarar quase tudo como projetos a serem realizados. E o resultado positivo lhe trará a realização pessoal. 

Acontece que o desenvolvimento do comportamento empreendedor é favorecido, desde cedo, pelos pais e responsáveis pelas crianças. É o fruto de formas de educar e socializar desde a infância.

David MacClelland, psicólogo e pesquisador das Universidades Harvard e de Boston (já falecido), e outros pesquisadores mostraram, nos anos 60 e 70, que certos pais estimulam suas crianças a desenvolver suas habilidades e independência.

Desde as brincadeiras infantis eles reforçam positivamente, elogiam e fazem com que as crianças testem brincadeiras e novas formas de utilizar seus brinquedos. Estimulam-nas a lidar com as situações e pessoas. Encorajam-nas a dar novos passos e alcançar o nível seguinte da habilidade.

Ante o insucesso e o choro, ouvem, aceitam e amparam, e depois reforçam a crença de que seus filhos têm capacidade de continuar (logicamente com cuidado para não transgredir as possibilidades reais da criança). Estimulados a voltar e a tentar novamente, treinam a persistência e a tolerância às dificuldades.

Isso ajuda os filhos a estabelecer objetivos e a conquistar. Os feitos são elogiados e celebrados, o que incentiva a iniciativa e a responsabilidade. Ajuda a aprender e avaliar os resultados.

Deste modo, todo o tempo, os pais propiciam o fortalecimento da autonomia e da segurança, dentro dos limites que sejam apropriados para suas idades e capacidades.

Protegem se for necessário, mas não os superprotegem ou assumem atividades e responsabilidades que seriam deles. Fazem-nos compartilhar tarefas em casa. Aliás, este tipo de socialização é mais frequente em sociedades influenciadas pela ética protestante de trabalho.

Testemunhei nos EUA como as crianças são treinadas a se vestirem sozinhas (principalmente o casaco de inverno, pois representa sobreviverem no frio). Elas sabem desde cedo seus nomes e o dos pais, endereço onde moram, onde trabalham os pais, telefones de contato.

Aprendem a se virar e buscar alimento quando têm fome. Numa atitude bem oposta ao que observei relativamente a amigos e conhecidos que servem até os filhos adolescentes.

Já testemunhei pais esquentarem refeições já prontas no micro-ondas para o filho adolescente. Esta infantilização prolongada é contrária ao desenvolvimento do comportamento empreendedor.

Assim, mesmo que escolas e faculdades queiram estimular nele a iniciativa, a independência, o estabelecimento de metas, o enfrentamento de desafios, ele terá dificuldade. Pode se chocar, se sentir inseguro, pois estas capacidades não lhe foram demandadas antes.

Terá dificuldade para desenvolver o senso de autoeficária: acreditar que dará conta do recado. E, mesmo que se esforce e se dedique, certamente terá perdido tempo e oportunidades.

Então fica aqui o recado para pais e responsáveis: a superproteção é antídoto do comportamento empreendedor. Para desenvolver o comportamento empreendedor há que incentivar a iniciativa, autonomia, e responsabilidade desde cedo e reforçar os bons resultados alcançados. 

ROSE MARY LOPES 

Professora e coordenadora do núcleo de empreendedorismo da ESPM.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Libertos do pecado

Antes éramos escravos do pecado, e tínhamos como salário a morte. "E estes irão para o castigo eterno,” ... Mateus 25:46ª

“Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram servos de Deus, o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna.”  Romanos 6:22

Libertos do pecado e servos de Deus:
Não permitas que o inimigo te acuse e que o pecado te domine. Tu és livre. (A acusação fortalece o domínio do pecado) A arma de Deus contra a acusação é:

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.” Romanos  8:1-2

Se Deus não te condena, então também não se condene!
Você é livre para adora-lo, para glorifica-lo e ser feliz dando os frutos que vão permanecer. Amém!

“O SENHOR diz...: " Você é o meu servo, o povo que eu escolhi; vocês são descendentes de Abraão, meu amigo. Eu os trouxe dos fins da terra, dos lugares mais distantes do mundo, e lhes disse: 'Vocês são os meus servos'. Eu os escolhi e nunca os rejeitei. Não fiquem com medo, pois estou com vocês; não se apavorem, pois eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças e os ajudo; eu os protejo com a minha forte mão.” Isaías 41.8-10

O fruto que você vai colher por ser liberto do pecado te leva à santidade:

“Porém, considerando a santidade daquele que vos convocou, tornai-vos, da mesma maneira, santos em todas as vossas atitudes. Porquanto, está escrito: “Sede santos, porque Eu Sou santo!”
1 Pedro 1 …15-16

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12:14

Creia na Palavra – você tem o que a Bíblia diz você tem, você é o que a Bíblia diz que você é! Amém!

O seu fim é a vida eterna

“Fé e conhecimento que se fundamentam na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos. “Tito 1:2

“Multidões que dormem no pó da terra acordarão: uns para a vida eterna, outros para a vergonha, para o desprezo eterno. “ Daniel 12:2

“E todos os que tiverem deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou campos, por minha causa, receberão cem vezes mais e herdarão a vida eterna.
Mateus 19:29

"Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna. “João 3:16

CONCLUSÃO
Para vivermos uma vida livre do poder do pecado precisamos crer, que Jesus na Cruz já perdoou os nossos pecados, mas mais que isso, saber que Ele crucificou o  velho homem, a natureza pecaminosa, o que precisamos fazer é crer na  obra da Cruz e louvar a Deus agradecendo porque através dEle somos livres,  o pecado já não tem domínio sobre nós!

“Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:8-11

Vivos em Cristo. Em Cristo tudo é diferente. Em Cristo podemos vencer o pecado, em Cristo somos justificados, em Cristo reinamos nas regiões celestiais, em Cristo somos abençoados com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais, em Cristo temos a redenção, em Cristo somos agradáveis a Deus, em Cristo fomos feitos herança, tendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade! Amém!

Miss.Ioná Ramos - Igreja Aguas Mooca

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Liberto para ser alegre

Nesta semana este ser'a o tema minstrando nas celulas.

Num mes onde estamos debaixo de palavra de libertacao a alegria marcara nossas vidas.

Deus te abencoe.

domingo, 12 de outubro de 2014

LIBERTOS PARA CONSOLIDAR

Isaias 61:1-4 “O Espirito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; 2 a apregoar o ano aceitavel do senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os que choram 3 e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria em vez de pranto, veste de louvor em vez de espríto anngustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça plantados pelo Senhor para a sua glória. 4 Edificarão os lugares antigamento assolados, restaurarão os de antes destruidos e renovarão as cidades aruinadas, destruidas de geração em geração”.

 

DEUS TEM UM PLANO PARA A HUMANIDADE. 

DEUS TEM UM PLANO EM SUA VIDA. 

 

ELE ESCOLHEU A MIM E A VOCÊ PARA COLOCAR EM PRÁTICA ESSE PLANO EM PRÁTICA. 

QUAL É ESSE PLANO? O PLANO DA SALVAÇÃO, O PLANO DE LIBERTAÇÃO, O PLANO DE CURA, PARA A MINHA VIDA, PARA SUA VIDA E PARA A HUMANIDADE.

E Ele enviou seu Filho Unigênito, por amor da humanidade (Jo 3:16), para ser o primeiro a trazer essas boas-novas, o primeiro a trazer cura, o primeiro a trazer libertação, o primeiro a falar da salvação, e o ÚNICO a conquista-las na cruz do calvário (Atos 4:12).

 

Todo o ministério do Profeta Isaias apontou para o que Deus iria fazer com toda a humanidade a partir de Israel, e usou-o para  profetizar sobre o ministério de Yeshua e sobre sua obra redentiva na cruz.

Lucas 4-14:21 nos relata sobre o inicio do ministério de Jesus. (LER) Ele havia acabado de voltar do periodo de jejum no deserto onde fora tentado pelo diabo e o venceu, e agora começava os primeiros ensinamentos e a revelar-se como Messias que eles tanto aguardavam. Como o próprio Yeshua disse Hoje se cumpriu essa Escritura. Hoje está entre vós aquele que trouxe o Reino de Deus para a Terra. Hoje o Ungido de Deus lhes traz boas-novas, cura, libertação e salvação. Aleluia!!!

 

Nesse final de semana o Senhor fez algo maravilhoso em nosso meio. Atravéz do seu Santo Espírito no ensinou ainda mais sobre o pecado, nos fez lembrar daquilo que ainda nos prendia ou nos ligava às trevas, pudemos reconhecer pecados que sequer sabiamos que existia ou que seria pecados, pudemos confessar esses pecados, e nos arrepender. Fomos curados, libertos e tomamos posse daquilo tudo que Jesus conquistou para nós na cruz do calvário. Glórias a Deus.

 

Você já perguntou para Deus POR QUE EU? Por que Deus quer usar um ser humano limitado, imperfeito, cheio de falhas, defeitos e pecados para levar as boas-novas do Reino de Deus para outros homens? O Senhor não poderia fazer de outra forma? Simplesmente estalar os desdos e tudo ser transformado? 

Deus não precisa de mim e de você. DEUS QUER A MIM E A VOCÊ, porque é através da nossa imperfeição que o PERFEITO será manifestado. É através das nossas falhas, defeitos e pecados que o testemunho de JESUS irá se manifestar e contagiar àqueles que estão ao nosso redor. Porém um preso não pode libertar outro preso. Um doente não pode curar outro doente, mesmo que seja um médico que está doente, ele primeiro precisar ser curado para levar a cura, precisa estar solto, livre das algemas do inimigo para poder libertar outros presos do inimigo.

 

E agora estamos prontos e preparados, libertos, curados e ungidos para dar continuidade àquilo que Jesus começou lá traz. Como eu já disse você foi escolhido e esta sendo cada vez mais capacitado para levar aos que estão com o coração quebrantado, espirito angustiado e oprimido a salvação, a cura e a libertação. (Mt 28:18-20) e agora estamos libertos e curados para andar nessa visão celular no modelo dos 12 pregando as boas-novas e fazendo discipulos.

 

Mediando nesse texto de Isaias vemos claramente a escada do êxito estampada nos versiculos de 1 a 4;

 

GANHAR – verso 1 - “....pregar as boas-novas...curar os quebrantados....por em liberdade...” 

 

Isso vai acontecer onde quer que você passar ou estiver.

 

CONSOLIDAR – verso 2 “....consolar todos os que choram...”

 

A sua célula é o celeiro da consolidação, é onde iremos firmar essas pessoas no Rocha definitivamente para que sejam consolados pelo Espirito Santo e parem de chorar.

 

DISCIPULAR – verso 3 “...e a pôr sobre os que estão em Sião de luto, coroa em vez de cinzas, óleo de alegria em vez de pranto, vestes de louvor em vez de espirito angustiado, a fim de que se chamem carvalhos de Justiça plantados pelo Senhor para sua glória.”

 

Ensinaremos os nossos discípulos, e os levaremos a uma transformação sobrenatural trazendo o renovo para suas vidas, e aquilo que era motivo de luto, dor e choro, será motivo de alegria e louvor.

 

ENVIAR – verso 4 “Edificarão os lugares assolados....restaurão os de antesdestruídos...renovarão as cidades arruinadas....de geração em geração.

 

E transformados através do Poder do Espirito Santo de Deus e da oração, salvos, ungidos, curados e libertos, seus discipulos serão enviados para dar continuidade àquilo que Jesus iniciou.

 

Eu sei dos desafios de se pregar as boas-novas, das afrontas que sofremos das pessoas, das zombarias que recaem sobre nós porque não fazemos mais parte do sistema do mundo, apesar de estarmos no mundo. E o que muitas vezes machuca é que isso tudo vem de quem menos esperamos, daqueles que amamos ou que aprendemos amar. Mas como disse o Apostolo Paulo em sua Carta aos seus discipulos em Filipo (Fl 3:12-14).

 

Libertos do inimigo, curado das dores do passado, eu e você fomos escolhidos por Deus e a cada dia que passa cada vez mais capacitados por Ele para consolidar em nossos discipulos e naqueles que ainda virão, o caráter de Cristo, firma-los na Rocha da nossa Salvação, Jesus Cristo.

 

E nessa noite o Espirito Santo irá derramar sobre você uma unção especial para consolidar, firmar aqueles que Jesus escolheu para sua obra.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

12 anos ÁGUAS MOOCA

No último dia 04/10/2014 celebramos culto de adoração ao Senhor pelos 12 anos de abertura da Igreja Águas Mooca.

Além de um tempo muito lindo de adoração, alegria e unção algo rompeu os corações através da palavra ministrada pelo nosso mentor Ap. Osvaldo Bertoni.

Desatou, impactou e liberou nossos corações para o novo tempo.

Seja abençoado com esta palavra a seguir:

DOZE ANOS – TEMPO DE PASSAR PARA UMA NOVA FASE
(Aniversário da Iapa-Mooca – 04/10/2014 – 12 anos)

1.    INTRODUÇÃO:

No dia 12 de outubro de 2002 nasceu a Igreja Apostólica e Profética Águas no bairro da Mooca.

Foi uma festa linda e Deus já havia dado à Igreja mais do que poderíamos, incialmente pensar. Nasceu debaixo de prosperidade e assim continua.

Foram 12 anos de lutas, vitórias, derrotas, avanços, ganhos, perdas, e assim por diante, como normalmente acontece na vida de uma criança que nasce e que vive 12 anos.

Na cultura judaica acontece uma cerimônia que se chama B’nai Mitzvá, que significa “filhos do mandamento” e serve para inserir o jovem judeu como um membro maduro na comunidade.

Quando um judeu atinge a sua maturidade (aos 12 anos de idade, mais um dia para as meninas; e aos 13 anos e um dia para os rapazes), passa a se tornar responsável pelos seus atos, de acordo com a lei judaica.

Nessa altura, diz-se que o menino passa a ser Bar Mitzvá (filho do mandamento) e a menina passa a ser Bat Mitzvá (filha do mandamento).

Antes desta idade, são os pais os responsáveis pelos atos dos filhos. Depois desta idade, os rapazes e moças podem finalmente participar em todas as áreas da vida da comunidade e assumir a sua responsabilidade na lei ritual judaica, tradição e ética.

Como a Iapa Mooca é uma mocinha, hoje ela passa a ser Bat Mitzvá (filha do mandamento).

2.    DOZE ANOS COM HEMORRAGIA?:

De modo nenhum podemos dizer que essa é a situação da Igreja Mooca, mas queremos lembrar que muitos que por aqui passaram sofreram terríveis hemorragias, porém hoje o Senhor quer trazer a cura definitiva.

“25. Aconteceu que certa mulher, que, havia doze anos, vinha sofrendo de uma hemorragia 26. e muito padecera à mão de vários médicos, tendo despendido tudo quanto possuía, sem, contudo, nada aproveitar, antes, pelo contrário, indo a pior, 27. tendo ouvido a fama de Jesus, vindo por trás dele, por entre a multidão, tocou-lhe a veste. 28. Porque, dizia: Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada. 29. E logo se lhe estancou a hemorragia, e sentiu no corpo estar curada do seu flagelo. 30. Jesus, reconhecendo imediatamente que dele saíra poder, virando-se no meio da multidão, perguntou: Quem me tocou nas vestes? 31. Responderam-lhe seus discípulos: Vês que a multidão te aperta e dizes: Quem me tocou? 32. Ele, porém, olhava ao redor para ver quem fizera isto. 33. Então, a mulher, atemorizada e tremendo, cônscia do que nela se operara, veio, prostrou-se diante dele e declarou-lhe toda a verdade. 34. E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz e fica livre do teu mal” (Marcos 5:25 a 34)

Hoje o Senhor determina que em todos os discípulos desta igreja, vai cessar qualquer nível de hemorragia, pois o tempo profético de 12 anos se cumpre e se cumpre a cura de Jesus sobre as vidas.

O posicionamento de todos deve ser o de procurar tocar espiritualmente em Jesus, nas suas vestes espirituais, e Dele sairá virtude (poder) e trará a cura imediata e definitiva.

Curados, estarão prontos para mais crescerem ainda, na conquista de discípulos.

3.    HAVERÁ RESSURREIÇÃO:

“35. Falava ele ainda, quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: Tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre? 36. Mas Jesus, sem acudir a tais palavras, disse ao chefe da sinagoga: Não temas, crê somente. 37. Contudo, não permitiu que alguém o acompanhasse, senão Pedro e os irmãos Tiago e João. 38. Chegando à casa do chefe da sinagoga, viu Jesus o alvoroço, os que choravam e os que pranteavam muito. 39. Ao entrar, lhes disse: Por que estais em alvoroço e chorais? A criança não está morta, mas dorme. 40. E riam-se dele. Tendo ele, porém, mandado sair a todos, tomou o pai e a mãe da criança e os que vieram com ele e entrou onde ela estava. 41. Tomando-a pela mão, disse: Talitá cumi!, que quer dizer: Menina, eu te mando, levanta-te! 42. Imediatamente, a menina se levantou e pôs-se a andar; pois tinha doze anos. Então, ficaram todos sobremaneira admirados. 43. Mas Jesus ordenou-lhes expressamente que ninguém o soubesse; e mandou que dessem de comer à menina” (Marcos 5:35 a 43).

Uma menina de doze anos, que acabou sendo conhecida nos relatos da Bíblia como Talita, mas cujo nome não sabemos, morreu em sua casa.

Seu pai, um influente chefe da sinagoga, contrariando o clero da época, foi procurar Jesus e pediu-lhe que entrasse nessa situação e curasse sua filha.

Jesus gastou ainda tempo com a multidão, como acabamos de ler acima, curou uma enfermidade de 12 anos e agora chega na casa de Jairo debaixo da notícia de que a menina havia morrido. Uma menina de 12 anos.

A palavra de Jesus para jairo foi: “ Não temas, crê somente”.

Alguns, à semelhança do que fizeram aqueles que estavam na casa de Jairo, não crêem no poder de Deus e dão risada, quando Jesus disse que a menina dormia apenas, pois a tinham visto morta.

Alguns neste bairro dão risada desta igreja e dizem que ela está morta, mas é mentira.

Pode ser que alguns até estejam na situação de estarem dormindo, mas não é a realidade da igreja, que está muito viva.

Mas, em cima deste fato bíblico, eu quero profetizar que haverá a partir de agora ressurreição e vida abundante, pois Jesus está aqui e está determinando para tudo aquilo que estiver morto ou dormindo: Igreja Água Mooca, eu mando, levanta e anda.

E a fome da igreja se manifestará, pois doze anos é idade de muita fome, e se alimentarão de toda a verdade de Deus e da Sua Palavra e serão alimentados para serem um testemunho vivo e poderoso neste bairro, nesta cidade e nesta nação.

4.    MANIFESTAR-SE-Á A SABEDORIA:

Segundo a Bíblia Sagrada, Jesus Cristo, aos 12 anos de idade, foi levado ao templo pela primeira vez conforme a tradição mandava.

A ocasião mais importante na vida de um judeu chega quando ele atinge a idade para entrar na aliança com Deus e no compromisso de manter, estudar e praticar todos os mandamentos da Torá, aos doze anos para a menina e treze anos para o menino.

“41. Ora, anualmente iam seus pais a Jerusalém, para a Festa da Páscoa. 42. Quando ele atingiu os doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume da festa. 43. Terminados os dias da festa, ao regressarem, permaneceu o menino Jesus em Jerusalém, sem que seus pais o soubessem. 44. Pensando, porém, estar ele entre os companheiros de viagem, foram caminho de um dia e, então, passaram a procurá-lo entre os parentes e os conhecidos; 45. e, não o tendo encontrado, voltaram a Jerusalém à sua procura. 46. Três dias depois, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. 47. E todos os que o ouviam muito se admiravam da sua inteligência e das suas respostas. 48. Logo que seus pais o viram, ficaram maravilhados; e sua mãe lhe disse: Filho, por que fizeste assim conosco? Teu pai e eu, aflitos, estamos à tua procura. 49. Ele lhes respondeu: Por que me procuráveis? Não sabíeis que me cumpria estar na casa de meu Pai? 50. Não compreenderam, porém, as palavras que lhes dissera. 51. E desceu com eles para Nazaré; e era-lhes submisso. Sua mãe, porém, guardava todas estas coisas no coração. 52. E crescia Jesus em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e dos homens” (Lucas 2:41 a 52).

Apesar da cultura judaica dizer 13 anos mais um dia para os meninos, diz a Palavra de Deus que Jesus tinha doze anos e foi se assentar no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os/

É isto que está determinado, neste Bat Mitzvá para a Igreja Águas da Mooca: todos os que a ouvirem falando, adorando e pregando muito se admirarão de sua inteligência e das respostas que vai dar, às perguntas que o mundo tem para fazer para a Igreja.

O Espírito Santo vai capacitar no sobrenatural para que a Igreja Águas da Mooca dê a resposta que o bairro precisa em termos do conhecimento de Deus e da verdade da Sua Palavra.

Histórias de Doze, para uma igreja de Dozes.

Deus os abençoe!


Ap. Osvaldo Boccato Bertoni

04.10.2014